Rota dos Zampuzos

Ao longo da história, Lepe sempre esteve vinculada à pesca e à agricultura. O vinho de Lepe, citado nos contos de Canterbury, era uma fonte de riqueza deste município da mesma forma que os figos.
Os homens endinheirados da época se reuniam nos cassinos, e os de nível social mais baixo em tascas ou “zampuzos”, como lugar social por excelência para conversar e beber vinho.
Na atualidade, Lepe continua conservando o estilo tradicional destes pequenos “zampuzos”. Como curiosidade, cada um dos proprietários, após a época da vindima, no mês de setembro, pisa a uva em seu próprio estabelecimento e elabora o caldo em barricas próprias, que mais tarde será oferecido aos clientes desses locais pitorescos. Verdadeiro prazer que poderão desfrutar os amantes do vinho.